PALPAÇÃO PARA MOXABUSTÃO

Técnica de Palpação específica para moxabustão

Felip Caudet  - Escola Okyu Barcelona

23 e 24 de abril de 2020

Quem é Felip Caudet

Fisioterapeuta pela Universidad Ramon Llull, especializado em Reeducação Postural (Método Mézières) e em Moxabustão japonesa. Formado pelos mestres Tetsuya Fukushima sensei e Hideo Shinma sensei (filho de Isaburo Fukaya).

É o fundador da Escola Okyu Barcelona – escola de moxabustão japonesa – em colaboração com Fukushima Sensei e Shima Sensei, onde  é diretor e principal instrutor. www.okyubarcelona.com

É Presidente da Sociedade Européia de Fukayaku. Publicou dois livros, “O Calor que cura” (dedicado à moxabustão direta e o estilo de Fukaya e já traduzido para o português) e “Moxibustión al final de la cuerda” (obra especializada na busca de pontos para moxa, que será publicado em português em 2019), assim como vários artigos em revistas especializadas.

Tem desenvolvido o estilo de reequilíbrio postural através da moxabustão (Kinseikyu). Divide sua atividade clínica com a docência internacional (Japão, França, Itália, Dinamarca, Brasil, entre outros países).

 

Técnica de Palpação específica para moxabustão*

23 e 24 de abril de 2020

A palpação é um dos aspectos mais complexos da ação terapêutica e é, precisamente, um dos aspectos chave que diferenciam um tratamento eficaz de um que não alcança os resultados desejados. Existem muitas variáveis em jogo que permitem entender a enfermidade, a palpação facilita sua compreensão, a escolha do melhor tratamento e a dosagem a ser aplicada.

Aumentar a eficácia palpatória permite alcançar níveis altos de sucesso clínico. A palpação correta permite o trabalho em tempo real porque possibilita localizar exatamente o ponto de aplicação e escolher a técnica adequada. O trabalho consistirá em modificar as circunstâncias do ponto. Desta maneira, no haverá dúvidas ou  suposições sobre a técnica de tratamento a ser escolhida e os resultados que ocorrerão com o tratamento..

Neste seminário serão revisadas, em detalhes, as técnicas próprias de palpação e como otimizá-las. Também veremos, em profundidade, os aspectos fundamentais das técnicas de moxabustão em relação ao nível de alcance e atuação das mesmas, bem como suas correlações com os achados palpatórios.

 

Programação 

Palpação e moxabustão japonesa

Estruturas, mecânica e tecidos

Correlação geral entre os achados e as técnicas de moxa

Objetivo: o ponto ótimo para a moxabustão

Superfície:

Foco. Dedo indicador/dorso da mão

Achados sensitivos térmicos

Meridianos

Técnicas de moxa indireta

Profundidade:

Revisão dos três aspectos básicos do cone: tamanho, forma e densidade

Correlação dos fatores variáveis e a palpação

Mecânica da palpação. Graus de profundidade

Foco. Dedo polegar

Indurações: formas e densidades.

Erros comuns na palpação.

Palpação por estruturas: cabeça, coluna vertebral, ombro, joelho

Localização das indurações de acordo com a enfermidade

Datas e Locais:

23 e 24 de abril de 2020

9h as 17h30

Nikkey Palace Hotel - Rua Galvão Bueno, 425 - metrô Liberdade

São Paulo-SP

Pré-Requisito: Já ter estudado moxabustão japonesa

(Deve enviar certificado junto com formulário de inscrição. Dispensável para ex alunos do Felip Caudet)

  • Branco Facebook Ícone

layout by

  • Branca Ícone Instagram

Acuterapia © 2018