ALIMENTOS FUNCIONAIS

 

 

Para se ter energia, para manter o bom humor ou uma boa saúde…É necessário fazer uso de bons alimentos! Mas o que será que é importante por no prato para se sentir bem física e emocionalmente?

 

Que teu alimento seja teu medicamento

Hipócrates, pai da naturopatia, já via as coisas assim. Para prevenir doenças e para estimular a saúde, é necessário escolher os alimentos que colocamos no prato e dizer “sim” aos nutracêuticos ou alimentos funcionais!! O termo nutracêutico é uma palavra que mistura nutriente e farmacêutico. Estes alimentos possuem um impacto real na saúde e no humor. Mas quais são estes nutracêuticos (100% naturais)?

 

Nota: Não falamos aqui dos alimentos industrializados cujas alegações de saúde são frequentemente resultados de marketing e cujos testes clínicos se mostram insuficientes para que eles pudessem ser considerados como verdadeiros alimentos funcionais pelos nutricionistas.

 

Os principais nutracêuticos naturais

Para que se possa considerar um alimento funcional é necessário que suas virtudes nutracêuticas  sejam apoiadas em estudos científicos conclusivos. O doutor Richard Béliveau¹ sugere uma lista de alimentos funcionais que beneficiam a saúde e o humor:

O chocolate​

O chá verde

O açafrão da terra (curcuma) 

O tomate

Os cítricos, etc…

 

¹Richard Béliveau é titular de um doutorado em bioquímica e pesquisador em neurocirurgia. Ele menciona estes alimentos em seu livro Les aliments contre le cancer - Éditions Trécarré - 2005

 

As especiarias

Páprica, curry, açafrão… todas as especiárias são excelentes para a saúde. Mas é sobretudo o açafrão da terra (curcuma), utilizada em medicina ayurveda que brilha por suas promessas para a saúde. Seu teor de flavonoides e sobretudo em curcumina, lhe confere um poder anti-oxidante que nos protege das doenças cárdio-vasculares e degenerativas, provocadas pelo estresse oxidativo.

Dica: A piperina contida na pimenta negra que misturamos ao açafrão da terra aumenta em dez vezes a proporção de curcumina absorvida pelo organismo. A associação de pimenta negra e do açafrão da terra teria uma ação protetora contra alguns tipos de câncer.

 

Não esqueça as frutas secas!

As frutas secas, além de serem saborosas, são ricas em cálcio, magnésio e vitamina E, os nutrientes especiais para o bom humor!

 

As amêndoas constituem uma inegável fonte de energia, em razão de seu teor de magnésio cujos efeitos benéficos contra o estresse já foram provados. Em caso de ansiedade leve ou cansaço, coma aproximadamente 10 amêndoas (100 kcals).

 

A castanha do pará (aproximadamente 20 kcal/unidade) também são uma importante fonte de magnésio. Alcalinizantes, estas castanhas tamponam a acidez de nosso organismo. Este mecanismo permite restabelecer o equilíbrio ácido-básico e recuperar a energia e vitalidade! Posologia: um punhado de castanhas por dia (mais ou menos 6 unidades).

 

Para as crises de depressão: Vitamina  B6

A vitamina B6 tem um papel crucial na síntese de alguns neurotransmissores como a serotonina, a melatonina e a dopamina. Eles mantém o equilíbrio psíquico e regulam o humor, o apetite e o sono. Os alimentos ricos em vitamina B6 como o peru, frango, atum, salmão, bacalhau, as batatas sem a casca e os pistaches sem sal, são excelentes contra a depressão, irritabilidade e fadiga. Portanto, não esqueça de incluí-los no cardápio!

 

Vitamina B12 para melhorar a concentração

A vitamina B12 é essencial ao crescimento, divisão celular e ao funcionamento das células do corpo, assim como para o equilíbrio do sistema nervoso. Estas propriedades fazem dela uma vitamina fundamental à manutenção da forma e da concentração! As carnes, as avez, os peixes, os frutos do mar, os ovos e os produtos lácteos, ricos em vitamina B12, são alimentos que favorecem a memória, a  concentração e a energia.

 

Comer muitas frutas pra manter o bom humor

Sabe-se que o consumo de açúcar libera em nosso cérebro a dopamina, o hormônio do prazer. Mas em vez de escolher os produtos de açúcar refinado oferecidos no comércio, por que não escolher as frutas da estação? De maneira puramente psicológica, o sabor doce das frutas poderia permitir a liberação de dopamina. Este é puramente o princípio dos alimentos funcionais pois um alimento-reconfortante tem uma dimensão física:  seu sabor, sua textura, sua aparência e uma dimensão emotiva. E a emoção pode determinar o alimento-reconfortante que você procura1.

»Dubé L, LeBel JL, Lu J, Affect asymmetry and comfort food consumption, Physiology & Behavior, 15 novembre 2005, Vol. 86, No 4, 559-67.

 

E, claro, diga “sim” ao chocolate meio-amargo para o bem-estar!

O chocolate, principalmente o meio-amargo, com no mínimo 75% de cacau, estimula o bom humor! Rico em magnésio, é um ansiolítico e um anti-depressivo natural, razão pela qual é objeto de diversas pesquisas científicas. Ele contém feniletilamina, um neurotransmissor que estimula a fabricação de endorfinas. Ainda que não conheçamos muito bem a função das endorfinas, considera-se que elas contribuem à uma sensação de prazer. Posologia: limite-se à 1 barrinha de chocolate amargo  (50g) por dia para manter o prazer, o humor e principalmente a forma!

 

Tradução: Silvia Ferreira

Fonte:  http://www.passeportsante.net

Please reload

  • Facebook ícone social

Acuterapia © 2018