ESTUDOS CIENTÍFICOS COMPROVAM: GELO É O UM PÉSSIMO TRATAMENTO PARA LESÕES MUSCULARES

 

Novos estudos científicos comprovam o que a medicina chinesa diz há séculos: tratar lesões musculares com gelo retarda e prejudica a recuperação.

Desde 1978 , quando o Dr. Gabe Mirkin cunhou o termo RICE (em inglês: rest, ice, compression e elevation) repouso, gelo, compressão e elevação têm sido o padrão ouro para o tratamento de lesões esportivas. Mas agora a era do gelo está derretendo, e uma série de estudos mostram que o tratamento de lesões com a com a terapia do frio e repouso total pode realmente retardar a cura, até mesmo o Dr. Mirkin está mudando de ideia.

Dizer não ao gelo em uma lesão é controverso , porque todo mundo faz isso, incluindo atletas, treinadores e médicos. A nova linha de pensamento provocou um amplo debate entre os especialistas que têm contado com RICE por décadas.

Gelo tem sido o tratamento de lesões padrão para dores musculares e lesões , pois ajuda a aliviar a dor e inchaço, e a inflamação é considerada ruim. Mas a informação atual mostra que a inflamação é a primeira resposta física do corpo para reparar o tecido  e sem ela a cura não acontece.

A aplicação de gelo faz com que os vasos sanguíneos ao redor da lesão se contraiam e desliguem o fluxo de sangue que traz as células inflamatórias, necessárias para a cura. Os vasos não se abrem novamente durante horas após o gelo ter sido aplicado. A diminuição do fluxo sanguíneo pode causar morte do tecido e resultar em danos permanentes aos nervos . Além disso, o gelo reduz a dor , que é um alerta para evitar aqueles movimentos que podem ser prejudiciais.

Um estudo publicado no The Journal of Strength and Conditioning Research analisou a influência do gelo sobre o dano muscular. Os dados do estudo mostraram que a aplicação do gelo atrasa a recuperação e não deve sera primeira opção de tratamento para os ferimentos. Depois de gelo havia um aumento imediato no inchaço. Os indicadores de dano muscular aumentam após a aplicação de gelo.

E a pesquisa publicada no The American Journal of SportsMedicine , em junho de 2013 , disse que, embora o gelo alivie o inchaço, ele não faz a recuperação da lesão muscular ser mais rápida. Se o tratamento reduza inflamação atrasa a cicatrização. Isto inclui a utilização de analgésicos e anti - inflamatórios tais como ibuprofeno.

A inflamação é o mesmo processo biológico utilizado para matar germes , no caso de doença ou infecção . Se germes entram no corpo o sistema imunológico envia proteínas e células para a área infectada a fim de matá-los. Quando os músculos estão lesionados o sistema imunológico envia as mesmas células para promover a cura do tecido danificado.

As células inflamatórias chamadas macrófagos liberam hormônios para os tecidos danificados a fim de ajudar a cura. A aplicação de gelo para reduzir inchaço impede o organismo de liberar os hormônios e atrasa a recuperação. Isto foi demonstrado em um estudo publicado na Cleveland Clinic da Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental, em novembro de 2010. O sistema linfático , naturalmente remove o inchaço quando a cura é realizada.

Mirkin, que escreveu o livro Sportsmedicine em 1978 , que introduziu RICE , disse no mês passado que uma pessoa ferida deve deixar de se exercitar, mas não recorrer à completa inatividade, pois o repouso total também não estimula a reparação tecidual. Repouso completo manda o tecido para o lixo, então ele recomenda o uso de exercícios leves como um estímulo de reparação.

Mirkin diz que é bom aplicar gelo para alívio da dor imediatamente após a lesão ocorrer, mas apenas por curtos períodos. Ele sugere gelo durante 10 minutos, removendo o gelo durante 20 minutos , e repetindo o processo uma vez ou duas vezes, mas salienta que não existe nenhuma razão para continuar o gelo mais de seis horas após a lesão. Se a lesão inclui ossos quebrados, perda de consciência, ou uma incapacidade de mover-se, vá ao médico!

Segundo o The American Journal of Sports Medicine, em janeiro de 2004, o gelo mais exercício pode ser de alguma ajuda na cura de entorses de tornozelo.

A nova sigla  MCE  substitui o antigo RICE e deixa fora a terapia fria para tratamento de lesões. MCE preconiza Mover com segurança quando você for possível, tanto quanto puder, compressão  e elevação.  A era do gelo está derretendo.

 

Escrito por Beth A. Balen

Fonte:   http://guardianlv.com/2014/04/ice-age-melting-rice-may-no-longer-be-the-treatment-of-choice-for-injuries/

Please reload

  • Branco Facebook Ícone

layout by

  • Branca Ícone Instagram

Acuterapia © 2018